Thursday, 21 Oct 2021

MIRRAL ONE REFLETE SOBRE EXPERIÊNCIAS DE VIDA EM SEU PRIMEIRO EP SOLO

Imagem: divulgação

As faixas do EP Referência, escritas durante seu expediente de trabalho, trazem uma visão madura sobre decisões diárias e experiências de vida

Mirral ONE começou a compor música em 2012 com apenas 15 anos. Crescido em uma família religiosa e apreciadora da arte, o rapper sempre gostou muito de música e dança. A disco music e gospel norte-americano eram os mais ouvidos pela família, mas sua inspiração para compor vinha de raps nacionais e internacionais que seus primos curtiam.

TRAJETÓRIA

Mirral ONE nasceu em Belfort Roxo, na Baixada Fluminense, e cresceu no bairro Das Indústrias, Belo Horizonte. Por volta de 2013, em uma oficina de rap chamada 5° Elemento que acontecia na Igreja Batista da Lagoinha, com seus amigos Panda e Josué PK, Mirral iniciou o grupo Sigavante lançando seu primeiro single “Tempocidade” com participação de Felipe Arco. Com a saída do integrante Panda em 2014, o grupo recebe o novo integrante Jão Beats. Produzindo suas próprias batidas e trabalhando no estúdio Rec16, Sigavante lançou seu primeiro álbum em 2015, “Consentimento”.

Após o fim do grupo, o artista iniciou sua carreira solo em 2018 com singles e participações com outros artistas do estado. “Debochado”, single de estreia, ajudou a solidificar seu público como artista solo.

Mirral ONE também integrou o coletivo Rec16 Msc. lançando alguns trabalhos como os singles “Topo” e “Prefácio”. Hoje, com um público em crescimento, principalmente na capital mineira, o rapper ganhou novamente os holofotes lançando os singles: “NÓIS”, em participação com o rapper Well; e o recém lançado EP “Referência”.

EP REFERÊNCIA: vivência, identificação e reflexão

No final de 2020 o rapper lançou seu primeiro EP solo: Referência. O trabalho é uma reflexão do seu cotidiano, com uma visão madura sobre decisões diárias e experiências de vida. Precedido pelo single YALLA, as faixas foram feitas em parceria com o produtor Vitor Akin, que é encarregado das batidas com referência nas sonoridades do Drill britânico.

O EP Referência sou eu fragmentado em cinco faixas distintas que trato com muito carinho.

Segundo o artista, para além de trazer uma identificação para quem está escutando, o trabalho também tem o intuito de levar boas ideias ao público.

Suas próprias referências são amplas: artistas, obras, gestos, falas, ações, propostas, propósito, mas seu pai é sempre a principal.

“Meu pai é uma pessoa que mesmo com muito perrengue desde menor correu atrás de seus objetivos e conseguiu conquistar muita coisa, um homem preto igual eu.” conta Mirral.

O pai também foi responsável por presentar o rapper com seu primeiro CD do grupo Apocalipse 16 “2ª Vinda [A CURA]” de 2000.

No 7/7 dessa semana, Mirral ONE contou um pouco mais sobre suas expectativas para o cenário do rap mineiro, sobre o processo de criação durante a pandemia e seu EP. Assista clicando no link: Galaxy (@revistagalaxy) • Fotos e vídeos do Instagram

FIQUE POR DENTRO!

OUÇA: Spotify
ASSISTA: Youtube
ACOMPANHE: InstagramTwitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *