Monday, 6 Dec 2021

SEGUNDO SINGLE DE IGOR PITANGUI FALA SOBRE RACIALIDADE E RELACIONAMENTO

Foto: Nini Delplace

O artista mineiro Igor Pitangui lançou na última semana seu single single, “Mon amour”. Hoje morando em Toulouse (França), Igor compôs a faixa compartilhando sua experiência pessoal ao construir um relacionamento homoafetivo LGBTQIAP+, intercultural e interracial.

“O relacionamento interracial em si já é uma questão delicacada dentro e fora movimento negro. Quando essa experiência também é atravessada por se tratar de um casal LGBTQIAP+ com nacionalidades distintas, isso se torna uma questão ainda maior (…) Eu acredito que as pessoas devam ser livres para amar quem, quando e onde quiserem, mas também penso ser importante enquanto pessoa preta questionar minhas escolhas e o porquê de fazê-las, a fim de investigar em mim a real motivação de construir este relacionamento e também para evitar sofrimentos, opressões e frustrações. Então essa canção é sobre isso, sobre olhar pra minha ancestralidade e fazer valer meus referenciais e valores antes mesmo das minhas escolhas”, comenta Igor.

OUÇA ‘MON AMOUR’: https://igorpitangui.fanlink.to/monamour

O single conta com o beat criado por Drerrera (São Paulo), e a engenharia de som do produtor musical Vitor Garbela – Garbela Home Studio (Campinas) que trabalhou com a pós produção, mixagem e masterização.


“Esse trabalho, em especial, me deixa muito preenchido! Eu consegui expressar uma questão autobiográfica de forma firme mas ao mesmo tempo afetuosa, e estes são valores humanos que eu aprecio, pra isso eu busquei uma interpretação vocal fluída entre o Rap e o Pop. O material audiovisual também está bem caprichoso, busquei
referências em fashion films para projetar a beleza e a estética negra com bastante cuidado e com um toque ‘minimalista chic’ eu diria (risos). Pude brincar com o trânsito entre o feminino e o masculino e construir um lugar estético não binário que me desperta real interesse. É uma música que diz sobre mim, sobre minha caminhada afetiva, sobre coisas que percebi que preciso afirmar ao construir relações. Coisas que também podem dizer muito sobre a caminhada de pessoas como eu, pretas, periféricas, LGBTQIAP+ e fora da caixa padrão”, conta o artista orgulhoso com o lançamento.

Acompanhe Igor Pitangui no Instagram: @igorpitanguipro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *