Saturday, 21 May 2022

DIEGO TAVARES ENCANTA E EMOCIONA COM O SINGLE “PODE IR”

Foto: divulgação/ Groover/ Diego Tavares

Tendo começado a tocar e compor aos 13 anos de idade, Diego Tavares fez parte de várias bandas de colégio e faculdade no Rio de Janeiro, com shows nas principais casas da cena independente local. As necessidades cotidianas fizeram a vida ir tomando outras direções, e o artista recolheu sua música ao ambiente privado, passando os muitos anos seguintes apenas compondo em casa ao seu violão, enquanto ganhava e descobria a vida de outras maneiras.
Mas a sensação de finitude e impermanência, trazida especialmente pela pandemia, fez Diego Tavares redescobrir onde estava a essência do que faz. Acreditando que compartilhar sentimentos é o intento maior da vida, é através
da música que pretende fazer a sua contribuição, e agora não mais apenas a si mesmo.

Assista “Pode Ir”!


“Pode Ir” foi o terceiro single desse ano, das mesmas sessões de gravação que os anteriores “Dança” e “Antes do Dia de Fato Começar”. Ainda mais dolorosa que as já outras, a música é um suspiro desalentado sobre saúde mental, ansiedade em específico, e solidão (ainda que compartilhada). O instrumental machuca igual, e junto ao canto suave e reflexivo de Diego Tavares embala e suaviza um pouco, através do compartilhamento de experiências (do ponto de vista pessoal e artístico), dias e noites frios e desamparados.

O lançamento é dedicado à memória de Ana Luiza Aragão, do Ela Retrô, morta de covid poucas semanas após entrevistar o artista para seu blog. E um lyric video também já foi lançado no youtube, uma filmagem feita pelo próprio artista da janela do hospital enquanto sua mãe estava internada em estado grave, também com covid (que, por sua vez, se recuperou bem)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.